vidacrista

Ninguém solta a mão de ninguém

12.2.19


Um dia desses algumas amigas estavam conversando e uma delas (Joy, obrigada por isso! fazer parte do LS é uma honra) começou a falar que trazer a memória momentos que foram ruins no passado e que Jesus transformou em algo bom, servia para trazer à tona esperança para os nossos corações em dias ruins, porque nós sempre somos ingratos em relação ao lugar de onde Deus nos tirou e no primeiro obstáculo que aparece assumimos que estamos sozinhos e corremos em direção ao buraco, em vez de corrermos em direção a quem pode realmente nos resgatar dele. Então cada uma das meninas começou a mandar histórias do passado que elas acharam que não iriam superar, mas com a ajuda de Jesus, superaram. Eu li histórias de términos de namoro que foram devastadores e depois se transformaram na melhor coisa do mundo, de mudança de cidade que trouxe a depressão e outros problemas psicológicos, mas que depois ficou tudo bem, histórias sobre o cuidado de Jesus no dia a dia, livramento de morte, reconciliação com Deus após muito tempo longe dele, enfim... Foram muitas histórias e isso me fez ver o quão bom Deus é e que os momentos ruins que passamos agora não são nada comparados ao momentos bons que iremos viver no futuro e que eu não estou sozinha nesse mundo, as dores que eu passo, alguém também está passando ou passou e a melhor parte? Ficou tudo bem. A dor é real, mas assim como também era no passado e Deus nos curou, Ele também irá nos curar agora.
Isso tudo mudou o meu pensamento sobre o real significado da amizade e da esperança nos piores dias, porque a minha semana havia sido horrível e ler aquilo me ajudou a perceber que eu sou muito amada por Deus - e por elas também - e que mesmo quando os meus dias são insuportáveis e eu penso que não irei conseguir continuar, elas me mostram que irei sim e que tudo irá passar uma hora ou outra.
Ninguém solta a mão de ninguém e todo mundo permanece unido, inclusive nos momentos ruins, inclusive quando queremos desistir, mas não desistimos porque temos Jesus conosco. Esse é o verdadeiro significado da amizade e do "melhor dois do que um" lá na bíblia (Eclesiastes 4:9-12), porque quando temos uns aos outros, um levanta o outro, um guia o outro e ninguém solta a mão de ninguém, porque estamos unidos em Cristo e não existe ninguém que vá nos separar dEle e é Ele que nos mantém juntos para realizar a Sua vontade.
Eu queria de alguma forma trazer o mesmo conforto que tive com elas, para você. Se a sua semana está sendo complicada ou se você não tem certeza se deve continuar 'nadando', se está com dúvidas em relação ao seu futuro, lembre-se de onde Deus te tirou, da sensação que tinha quando tudo estava perdido e depois lembre-se de como se sentiu ao ser cuidado por dEle.
Eu tenho certeza que quando colocamos o nosso passado em perspectiva e olhamos para ele com carinho, conseguimos enxergar que o presente está sendo bom e o futuro será melhor ainda, porque cada processo conta, cada dificuldade, cada lágrima... e isso vai passar e ninguém vai soltar a mão de ninguém e caminharemos juntos, animando uns aos outros.

P.S: Eu li a frase do título na época que o Presidente Jair Messias Bolsonaro foi eleito aqui no Brasil, todo mundo estava publicando na internet em uma forma de protesto, mas eu gostei tanto dela que quis usar aqui no blog de alguma forma, mesmo que o sentido não seja o mesmo para mim.

Com amor,
Erika Murito.

aleatoridades

quase duas décadas

8.2.19

Estou um pouco atrasada, mas no último dia 11 de Janeiro eu completei 19 anos e quem me conhece sabe o quanto eu detesto fazer aniversário, mas uma coisa boa aconteceu durante esse último ano e principalmente nesses últimos dias, Deus tem me falado muito sobre gratidão e sobre ficar feliz com os presentes que Ele me concede, mesmo que eu não mereça recebê-los, como por exemplo ter uma família por perto e coisas que parecem pequenas ou "normais", mas que muitas pessoas gostariam de ter e não tem. 
E nessa reflexão, eu me peguei pensando em todos os momentos tristes e felizes da minha vida, nessas (quase) duas décadas e percebi como Deus é bom porque mesmo durante os dias tristes Ele me mostra a sua bondade e olhando para as coisas que recebo também acabo me deparando com a minha ingratidão. Acredito que nós temos essa mania de não nos sentirmos gratos pelas coisas pequenas que Deus nos dá e sempre assumimos que seremos felizes no futuro ou quando tivermos algo melhor ou maior, mas se não somos gratos com o que temos agora, como saberemos ser gratos com o que já está preparado para nós no futuro? 
Pesquisando sobre esse assunto, encontrei um estudo feito por Shawn Achor, pesquisador de Harvard, onde mostra que cultivar a gratidão também é uma forma de melhorar o nosso dia a dia. Então se você estiver tendo um dia ruim e colocar em perspectiva todas as coisas boas que as pessoas fizeram por você em algum momento da sua vida, então o seu cérebro transmite alegria para o resto do seu corpo. A gratidão não é apenas uma palavra bonita no nosso dicionário, é também uma atitude que proporciona um bem enorme para o seu coração e também proporciona alegria para o benfeitor, porque você vai se sentir grato e automaticamente expressar a sua gratidão para ele. 
Na bíblia, nós vemos milhares de vezes as pessoas sendo gratas por terem Deus em suas vidas, mas um versículo em especial nos mostra quão importante é o ato de gratidão.
Alegrem-se sempre. Orem continuamente. Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. 1 Tessalonicenses 5:16-18
Eu nunca consigo ser grata do jeito que eu deveria, principalmente com Jesus por todas as coisas que ele me concede, sejam elas grandes ou pequenas, e eu acho que nunca chegarei ao ponto de ser grata da forma que eu realmente gostaria. Dar graças a todas as coisas, mesmo aquelas que não estavam nos meus planos? Difícil, mas será que não é a melhor coisa que eu posso fazer?
Nesses dezenove anos de existência, eu errei e passei por maus bocados, mas também ri e me diverti muito e sou grata por isso porquê até os dias ruins foram bons de alguma forma e aprender a me sentir grata por isso é o que me ajuda a encarar todos os momentos de uma forma mais leve.
Enfim, eu espero que essa reflexão consiga trazer ao seu coração uma vontade de ser grato por alguma coisa hoje, seja ela grande ou pequena. Mas se você não encontrar nenhum motivo, pare um segundo e respire. Viver é um presente lindo que você recebeu e completar mais um ano de vida também é, mesmo que a vida fique pesada ás vezes. Quase 1 mês após o meu aniversário, senti necessidade de fazer um post falando sobre isso e também me lembrando que todas as coisas merecem a minha gratidão, até aquelas que eu não tenho vontade de agradecer. Sou grata por muitas coisas e aprendendo a ser com outras milhares e espero que hoje você lembre de algo que libere gratidão ao seu coração.

Com amor e grata pela sua vida, 
Erika Murito

Follow my blog with Bloglovin

vidacrista

voltando para casa

5.2.19

Eu comecei o ano com milhares de pensamentos, planejamentos, metas e desejos na cabeça. Pensei em milhares de coisas que gostaria de preparar para o meu trabalho aqui no blog e como estava feliz em ver o nome de Jesus ser glorificado através desse pequeno espaço e como estávamos em sintonia, sonhando juntos (eu e Jesus), até que já não era mais isso. Eu me vi perdida dentro de mim, sem saber para onde ir ou como ir. Fiquei um tempo afastada, ainda criando, mas afastada de tudo aquilo que antes eu tinha anseio em fazer por aqui e por todas as pessoas que mantinham um contato frequente comigo através do blog. 
Não me arrependo em nenhum momento em ter dado um tempo, pelo contrário, parar foi a melhor coisa que eu fiz e confesso que poderia ter aproveitado mais, descansado mais e pensado menos em como meu coração estaria depois que eu decidisse voltar. Mas cá estou eu e como sempre, tenho algo para dizer: VOLTE! Mesmo que pense que este não é o seu momento correto para voltar para o lugar que saiu. Volte! Porque o seu momento correto pode nunca surgir, mas o momento de Deus é o único momento que importa. 
Eu pensei em não voltar a fazer o que eu amo por causa de milhares de motivos alheios, eu pensei que talvez esse não fosse o plano de Deus e que o blog tivesse sido bom, mas que era tempo de acabar, mas Jesus me fez lembrar que não importa o que eu estou vivendo ou pensando, o que importa é o que Ele está fazendo e isso basta para eu continuar seguindo no seu caminho.
Eu não sei a situação que você se encontra, se está perdido no meio do caminho ou se ainda não encontrou o seu caminho e não sabe como fazer acontecer, mas eu sei que independente de todas as dificuldades que temos na vida, sempre teremos Jesus ao nosso lado para dizer que está tudo bem e só precisamos seguir os planos dEle e não os nossos.
Eu precisava dizer que senti saudade de estar aqui e de todos vocês que leem o que eu escrevo, precisava ser sincera em relação aos meus sonhos e precisava te lembrar de que mesmo que as coisas não pareçam certas nesse momento, eu tenho certeza que daqui a pouco nós entenderemos o que aconteceu e por que Deus permitiu que acontecesse. Volte e confie!

PS: esse foi um post curtinho apenas para te dizer que assim como você, ás vezes eu também tenho vontade de desistir do que eu amo ou fico perdida em relação aos meus sonhos, mas que quando olhamos para Deus nós conseguimos entender que nem sempre o que queremos é o certo ou que dá pra seguir no meio dessa confusão. A vida segue e nós seguimos com ela, mesmo com medo. Volte para casa, volte para o seu sonho, volte para Jesus. Voltar pode ser o melhor caminho para seguir em frente!

Com amor,
Erika Murito

vidacrista

Ansiedade | Série Emoções

4.1.19



Em alguns dias é difícil se sentir realmente vivo, como se qualquer coisa nos deixasse mais cansados do que nunca, como se aquela sensação de dever cumprido nunca fosse acontecer no futuro. E aí o futuro se torna assustador.
Quantas vezes você não se deu conta de que estava olhando para um determinado momento da sua vida e estava sentindo medo do que iria acontecer quando chegasse lá, mas aí chegou e percebeu que era só mais um dia, mais uma novidade e estava tudo bem? Já aconteceu comigo diversas vezes e eu me sentia muito boba por ter sentido medo de algo que na verdade foi ótimo para a minha vida. Eu sei que é normal, mas será que por ser normal o medo precisa ser algo recorrente na nossa vida? 
O futuro é assustador porque não sabemos como estaremos lá (ou se estaremos) e o tememos. É normal para o ser humano sentir medo de tudo aquilo que ele desconhece, porque não conseguimos controlar aquilo que é incontrolável e algumas pessoas lidam bem com isso, outras não e é aí que mora o perigo. Deixar que o medo ou a ansiedade pelo futuro te paralise e não permita que você viva o melhor que pode para a sua vida, faz com que viva todos os dias naquela tensão e em algum momento, você se dá conta de que não viveu. Passou tanto tempo focando no futuro, que não parou para viver o presente e o presente se tornou passado.
Todas as vezes que eu escrevo algo aqui, passa por mim primeiro, porque eu fico relembrando de todos os momentos em que cometi exatamente as mesmas coisas que hoje, eu vejo que só me feriam de alguma forma.
Estar ansioso com o futuro é normal (lembrando que não estou falando do Transtorno de Ansiedade e/ou outros quadros clínicos), ainda mais quando você está em uma fase/idade de transições, mas também fere o seu emocional porque você acaba depositando muita energia em algo que não pode ser controlado por você estar ansioso para o futuro, é uma forma da sua mente tentar controlar o que não pode e gera frustração no seu coração. Ficamos nervosos e por isso, tomamos decisões (não tão boas) as pressas, afinal de contas, qualquer faculdade/emprego/casamento/viagem... é melhor do que nada.

Você vive a sua vida ou apenas sonha e nunca realiza nada? 

No momento em que comecei a escrever esse texto, me lembrei do filme Click (aquele estrelado por Adam Sandler). Para quem não conhece, o personagem principal é um arquiteto, casado e com filhos que acha a sua vida horrível e ele vive pensando no futuro brilhante que irá chegar, promoção no trabalho, salário melhor, carro melhor, presentes melhores para os filhos, enfim, ele pensa mais no futuro do que no presente e no decorrer da história, acaba aceitando um controle remoto que tem o poder de controlar a sua vida e ele avança em todos as situações ruins, avança, avança... Até que chega um dia em que ele percebe que adiantar a sua vida para momentos bons não é viver de verdade e passar pelos momentos ruins, tristes e complicados é a verdadeira vida, porque tudo o que vivemos, bom ou ruim, serve para nos ensinar alguma coisa. Não podemos viver com medo ou preocupados com o futuro, muito menos pensando apenas no futuro e esquecendo de viver o presente.
Um versículo que descreve a maneira que devemos agir perante a ansiedade pelo o que não temos e queremos é Filipenses 4:6-7:
"Não vivam preocupados com coisa alguma; em vez disso, orem a Deus pedindo aquilo de que precisam e agradecendo-lhe por tudo que ele já fez. Então vocês experimentarão a paz de Deus, que excede todo entendimento e que guardará seu coração e sua mente em Cristo Jesus."
Como eu sempre digo, não é fácil. Viver uma vida sem ansiedade é quase impossível para a nossa geração apressada e ansiosa, mas vale a pena não se preocupar com o amanhã, vale a pena entregar todos os nossos medos e ansiedades nas mãos de Deus e deixar Ele comandar o nosso futuro porque assim como está escrito em Mateus 6:34“Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará suas próprias inquietações. Bastam para hoje os problemas deste dia.”, nós não precisamos nos preocupar com os problemas do presente e do futuro e podemos ter a certeza em nosso coração de que com a ajuda de Jesus nós conseguiremos realmente ter uma vida vivendo longe de toda ansiedade que nos aflige.


Com amor,
Erika Murito.

vidacrista

Mais um ano

28.12.18


Mais um ano indo embora que ficará apenas em nossa memória.
No futuro, com certeza falaremos dele para alguém. “E aí fulano, você lembra de 2018? Que ano...” Eu não sei como ele foi para você, mas por aqui foi bem legal, muitos aprendizados (ruins e bons) e muitas lágrimas (tristes e felizes), mas independente de como tenha sido por aí, nós vivemos e chegamos até aqui prontos (ou quase?!) para mais uma jornada. Olhando para o passado, eu nunca imaginaria que estaria sentada nesse momento escrevendo sobre o meu ano em um blog que várias pessoas desconhecidas leriam, mas cá estou eu e tenho certeza que isso é apenas um dos muitos planos de Deus para a minha vida. Se você está lendo isso e não acha que o seu ano foi bom e está cheio de medo do que está por vir e/ou sem esperança nenhuma em relação ao seu futuro, eu queria dizer que você consegue chegar lá.

facebook

instagram